Pontos de Interesse

Classificação
Featured/Unfeatured
Claimed/Unclaimed
41.622346,-6.276181

Foi o gosto pela música tradicional mirandesa que impulsionou Célio Pires a aprender a tocar gaita-de-foles aos 12 anos. A dificuldade de aquisição de instrumentos musicais impulsionou, por sua vez, o jovem a enveredar pelo artesanato, começando aos 16 anos a sua experiência no fabrico de gaita-de-foles. Com a experiência foi aperfeiçoando a arte e atualmente constrói gaitas-de-foles, flauta pastorial e sanfonas, instrumentos que também toca.

Da sua oficina, devidamente equipada, saem verdadeiras obras de arte, sobejamente conhecidas pelas gentes do planalto mirandês e por muitos turistas que ali se dirigem para adquirir estes instrumentos tradicionais.

Preço de 150 a 750€

41.807388,-6.763911
(+351)934212374(+351)934212374

Loja de artesanato local diversificado: cutelaria, calçado artesanal, peças de adorno em madeira, caretos, miniaturas em pedra, chapéus de palha, peças de lã, foles, cestas, mascaras, meias e luvas de lã, etc.

Aberto diariamente das 8h00 às 19h00.

Encerra Domingo à tarde.

41.812565, -6.760837
(+351)273327274(+351)273327274
(+351)965307659(+351)965307659

Requinte e sobriedade na decoração, o espaço oferece todo o conforto desejável, aliado a uma boa mesa. Tradicionais com inovação, os responsáveis por esta casa orgulham-se de apresentaram na ementa pratos originais de alta qualidade. A sua especialidade é Bacalhau à Rochedo, mas na ementa é possível encontrar uma oferta diversificada e criativa.

Cpacidade: 66 Lugares

Preço médio: 15-25€

Serviços e comodidades:

 

 

Descrição: Equipamento que pretende preservar, divulgar e interpretar a paisagem da região. Situado no Parque Natural de Montesinho, permite uma viagem pela fauna e flora da região, em pleno contacto com a natureza.

Aberto todos os dias do ano.

41.5883062, -6.3535102

Datação: Séculos XV-XVI

Descrição: O Santuário é composto pela Igreja de Nossa senhora do Naso, cinco capelas dedicadas aos mistérios do Rosário, um coreto, uma escultura da Imaculada Conceição, o “mouro”, o Poço e um cruzeiro.

Lenda: A Capela de Nossa Senhora do Naso é um polo de atracão principalmente em dia de romaria. Embora à volta desta capela se tenham, recentemente construído algumas outras capelas, reza a lenda que ela foi edificada por um casal mirandês. Estando o homem pastoreando o seu rebanho, apareceu-lhe uma Senhora que pediu para lhe construir naquele local uma capela, indicando-lhe, nessa mesma noite, na Serra do Naso, por meio de uma procissão com luzes, o local exato onde a capela deveria ser erigida. O homem recusou-se, temendo a mulher, mas Nossa Senhora insistiu no pedido. Muito a medo, o homem fez saber à mulher do desejo da Senhora. Mas a mirandesa não esteve pelos ajustes e começou a refilar: nesse momento ficou tolheita, diz-se que por castigo de Nossa Senhora. Quando se viu aleijada, a mulher prometeu que faria a capela e, no mesmo momento, voltou ao seu estado normal, pelo que imediatamente se iniciaram as obras. Consta ainda que, ao serem colocadas as pedras no carro, os bois o “tangiam” sozinhos, sem mostrarem o esforço pelo peso da carrada e sem precisarem de boieiro, regressando a casa dos donos para novo carregamento de pedra. Assim se construiu a capela desejada, cuja administração é feita por alguém contratado pelos descendentes daquela família.

Estado de Conservação: Bom

Romaria - 6, 7 e 8 de Setembro

Fonte: http://www.cm-mdouro.pt/naso/

Em plena cidade de Bragança, o complexo Ares de Serra é um espaço calmo e acolhedor onde se pode desfrutar de um serviço de cafetaria e hotelaria de excelente qualidade.

Temos ao seu dispor um espaço amplo e convidativo para a realização de qualquer tipo de eventos, tais como Casamentos, Batizados, Festas de Empresa e Festas de Aniversário.

Dispomos de um aprazível espaço numa zona calma e acolhedora da cidade de Bragança.

A piscina do Ares de Serra está aberta durante todos os dias do Verão, entre as 9:30 horas e as 20 horas. A nossa piscina dispõe de balneários com água quente, cacifos onde você poderá guardar os seus pertences enquanto se deleita na água ou ao sol, e bar de apoio. Venha disfrutar do Verão com o Ares de Serra!

Durante os meses de Julho e Agosto, o Ares de Serra também põe à sua disposição o nosso serviço de Ocupação de Tempos Livres, destinado às crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos. Este serviço funcionará de 2.ª a 6.ª feira, entre as 9:00 horas e as 19:00 horas, e será dirigida por 2 monitoras devidamente credenciadas para a realização das mais diversas atividades lúdicas e recreativas destinadas às crianças.

Preço Médio: de 8 a 15 €

Encerra à segunda-feira

Serviços e comodidades:

 

Situado na margem do rio Fervença, já com duas décadas de existência revela-se como um importante ponto gastronómico do Nordeste Transmontano.

Este é um espaço acolhedor que prima pela simpatia, profissionalismo requinte e qualidade no serviço, com elementos característicos da região.

Para além do restaurante, os visitantes podem ainda visitar o pub. Para além de saborear os belos cocktails poderá ainda deliciar-se com os crepes e gelados ao som de Del Jazz, um espaço de excelência que proporciona aos clientes agradáveis momentos culturais.

Com local ideal para a realização de grandes eventos, Brinhançais Geadas, situada num local aprazível, com uma bonita paisagem sob a cidade de Bragança.

Preço médio:

Preços: de €25 a €50

Serviços e comodidades:

 

Ponto de Partida: Parque Biológico de Vinhais (41.858758,-6.987669)

Ponto de Chegada: Alto da Ciradelha (41.85927,-6.987047)

Extensão: aproximadamente 1,5km

Nível de dificuldade: moderado

Duração: 2h00

41.4227827,-6.3089962

Descrição: Situa-se num gigantesco batólito de granito, empinado sobre o Douro.

Acesso em caminho terra batida.

41.804266, -6.749516

O pelourinho tem uma base poligonal, de três degraus, onde assenta uma figura zoomórfica, a Porca da Vila, em cujo dorso se eleva uma coluna cilíndrica lisa, de 6,40 metros de altura rematada por um capitel, do qual parte uma cruz de braços iguais cujos torsos são decorados por carrancas representando motivos geométricos, zoomórficos e vegetalistas. No remate surge um sinelo que segura um escudo com as armas da cidade Bragança.

Lendas e Tradições: nas imediações do castelo, no lado Poente, desde o século XV existiu a igreja paroquial de Santiago, destruída no século XVII. No lugar desse templo foi colocado o pelourinho da vila de Bragança, que até 1860 esteve situado em frente da casa da Câmara.

Datação: Época Medieval.

Classificação: MN (Dec. de 16-6-1910).

Fonte: Património dos Concelhos da Terra Fria Concelho de Bragança VOLUME I

Showing 1 - 10 of 348 results