Pontos de Interesse

Classificação
Featured/Unfeatured
Claimed/Unclaimed
41.489460,-6.276727

Livros, Livros de Honra, Livrinhos, Agendas, Álbuns e NoteBooks, pequenos. Cartões de Natal, convites e postais para escrever  letras abraçadas.

Há poesia, encantamento e sonho quando Isabel Ropio corta, cola, enternece, enlaça, encapa e alinha todos os detalhes dos seus trabalhos. Saem talento, luz e amor dos seus dedos, tecidos, panos, fitas.

41.546847,-6.383732
+351273417198+351273417198

Artesão de navalhas, facas, tenazes, pica portas.

Produtos feitos à mão com ferro.

Pode encontrar estes artigos em Genísio, pequena aldeia do concelho de Miranda do Douro.

41.385047,-6.432157

Confeção de artesanato em lã natural de ovelha. Artigos típicos de Miranda do Douro feitos à mão, desde carteiras, carpetes, casacos, meias. Tem o seu posto de venda na loja em Sendim e também nas feiras de artesanato e fumeiro da região do planalto mirandês.

 

José da Cruz se declinou para a arte das cutelarias tradicionais, porém, não deixa de ser verdade, que bem antes, no seu passado, esta tarefa passou-lhe pelas mãos, na indústria de cutelarias de Palaçoulo. José da Cruz, apresenta nas suas peças, um traço fino de boa qualidade em acabamentos e um suave contraste e equilíbrio, entre o metal e a madeira.

41.459126, -6.444940

Conservando o método tradicional de fabrico, foi introduzida inovação no desenho e originalidade nas matérias empregues, nomeadamente com uma grande variedade de madeiras e a especificidade do aço que confere aos produtos a resistência e corte do aço puro, com a vantagem de não enferrujar. Após ser banhado nas chamas da forja, o aço é malhado na safra e cada folha é individualmente temperada.

Venda de machados, canivetes, punhais, cutelos, facas, artigos de coleção e decoração, com gravações personalizadas.

41.392526, -6.430039
03512737395150351273739515
0351933771928, 03519373940080351933771928, 0351937394008

Armandino José Domingues Torrão, é o artesão que produz as célebres navalhas cujo símbolo transporta o seu nome de artesão e a sua localização, no interior de uma garrafa. Dos materiais utilizados, convém esclarecer que Torrão - Sendim, usa apenas aço carbono nas suas lâminas, devidamente forjado e temperado, segundo as técnicas por ele obtidas pela sua experiência e que não convém pois, descobri-las. Os materiais usados na confeção dos cabos das navalhas, Armandino Torrão, dá preferência às madeiras de bucho, carrasco, oliveira, pau-rosa e ébano, conciliando também, em a construção de navalhas com cabos em haste de corço e veado. Aplicou também nas suas navalhas sistemas de travão da lâmina.

41.809804156220174, -6.750948429107666

Amável Antão é um dos poucos artesãos que ainda se dedica a fazer as tradicionais máscaras em madeira, que fazem parte dos rituais das festas de inverno da região. O artesão dedica-se a esta arte apenas nas horas livres, mas ainda assim consegue participar em exposições.

As máscaras retratam, com frequência, figuras horripilantes e são, cada vez mais, usadas na decoração.

O preço médio das máscaras ronda os 100 €.

O artesão só pode ser encontrado na sua "oficina" nos fins-de-semana ou feriados.

  • Aceita encomendas
  • Venda direita
  • Trabalha ao vivo
  • Expedição para o estrangeiro

 

Destilaria, vocacionada para produção de aguardentes, vínica e bagaceira, (licorosos e licores).

Horário: Das 9hoo às 19h00

Intervalo de preços: De €5 a €20

Serviços e comodidades:

  • Cartão de crédito
  • Encomendas online
  • Encomendas por telefone
  • Expedição Internacional
  • Multibanco
  • Pagamento em Dinheiro
  • Venda ao Público/Loja
  • Venda em Feiras

 

Av. Luciano Cordeiro, 17, 5300-191 Bragança

Trabalhos Artesanais, Arranjos Florais em Madeira

Um simples galho partido pode servir para criar um belíssimo arranjo floral. Para tal é preciso arte e criatividade e esses são ingredientes que não faltam a Paulo Pereira. É na natureza que colhe toda a matéria-prima que usa nos seus trabalhos, galhos secos, pedaços de madeira, sementes, raízes, pedras, e tantas outras coisas que posteriormente transforma em belíssimos adornos para o lar. O artesão participa nas Feiras de Artesanato Regionais e faz trabalhos por encomenda. Do simples adorno ao mobiliário, o artesão aceita sempre novos desafios.

O que começou como uma “simples brincadeira” depressa se tornou numa forma de vida. Francisco Cangueiro, artesão profissional, trabalha com madeira há cerca de 30 anos. É presença assídua nas melhores Feiras de Artesanato do país e também da vizinha Espanha, apresentando sempre trabalho ao vivo.

As Facas de Palaçoulo, internacionalmente conhecidas, são a marca principal deste artesão mas o seu trabalho é muito mais diversificado, criando as mais diversas peças em madeira: quadros, adornos, etc.

Showing 1 - 10 of 18 results