Pontos de Interesse

41.870776, -6.950900

Na fachada destaca-se o portal rectilíneo, enquadrado por duas pilastras que terminam em pináculos, encimado por um frontão circular e flanqueado por dois óculos quadrilobados. No remate do frontispício surge o campanário, com dois vãos para os sinos, no cimo do qual aparece uma cruz entre dois pináculos.

Na nave, única, o chão está revestido a tijoleira e o teto de madeira está forrado com pintura hagiológica popular, onde se representam cenas da vida e morte de Cristo, santos e o padroeiro. O arco cruzeiro, decorado com marmoreados, está flanqueado por duas pinturas sobre tábua que representam Jesus

Preso à Coluna e o Ecce Homo. No altar colateral, do Sagrado Coração de Jesus, há uma imagem de Nossa Senhora de Belém e na capela das Almas há uma escultura de Cristo na Cruz.

Na capela-mor o altar de talha dourada e policroma guarda uma imagem de São Julião e no teto há pintura hagiológica (Santíssima Trindade) setecentista.

Datação: Época Moderna (conjectural).

Est. De Conservação: bom.

Localização: São Julião de Paçó, Vinhais

Lendas e Tradições: as principais festas de Paçó são a de São Julião (7 de Janeiro), a de Santa Bárbara (1ºDomingo de Agosto) e a de São Lourenço e Santa Marinha (2º fim de semana de Agosto).

Fonte: Património dos Concelhos da Terra Fria: Concelho de Vinhais VOLUME I

 

Morada
Paçó, Vinhais