41.6393817 -6.3477595

Este templo apresenta dois retábulos com características próprias desta arte e muito frequente nesta região. O retábulo do altar-mor, estilo Joanino, tem colunas salomónicas ornamentadas com grinaldas de rosas, os festões verticais em forma de trança são dispostos como uma pirâmide invertida, o arco que parte das colunas está ornamentado com elementos de talha e no centro tem uma tarja que contém as chaves e a teara, armas pontifícias de São Pedro, padroeiro da Igreja de São Martinho.

Um outro elemento Joanino é o sacrário semelhante a um cofre com a porta em forma de medalhão. O aro do camarim deixa a forma de pórtico para parecer um arco de triunfo, ornamentado na parte interior com frisos onde se veem festões em toda a extensão. A sua tribuna é também Joanina.

Quanto ao retábulo de Nossa Senhora do Rosário, as mísulas e os próprios nichos são muito semelhantes às mísulas e nichos do retábulo do altar-mor de São Martinho de Angueira, bem como muitos outros pormenores arquitetónicos, o que leva a crer que terá sido o mesmo entalhador a fazer as duas obras.

É de salientar ainda a recente restauração (1996) de todas as talhas douradas da Igreja Matriz.

Datação: Época Moderna

Estado de Conservação: Bom

Fonte: http://smartinho.jfreguesia.com/locais.php

Morada
Largo da Igreja, São Martinho, Miranda do Douro